14 maio, 2015

[Indicação] Two night stands

Eu andei sumida.
Eu sei.
Gente, vou começar pedindo desculpas pelo sumiço de semanas. Fiquei lotada com a universidade e ainda fiz duas viagens em um único mês. Fiquei duplamente lotada com a universidade. Ou seja, até o tempo de assistir muitos filmes e trazer aqui ficou difícil. Até que em umas das viagens assisti um, esse da fotinha logo abaixo.


Só a suavidade da capa já faz você morrer vontade de assistir, porque, não é uma daquela comédias românticas, na qual a capa é uma noiva louca atrás de um marido ou uma daquelas menininhas azaradas que no final tem a sorte de conhecer um gato "hollywoodiano". Sendo mais clara, não mostra o exagero de quase toda comédia romântica.
Prestem atenção nesse sorriso natural dela na capa, ou melhor, o sorriso dos dois.
Não preciso comentar que sou apaixonada por esse ator desde que vi ele em Whiplash. Então, eu assisti a esse filme por causa dele, admito. O trailer pareceu até meio sem sal. Mas eu não ia perder a chance de ver o Miles Teller, até mesmo, em sua atuação não tão perfeita. Mas antes que eu comece a desanimar vocês, já que não estou aqui para isso, vou logo começar a convencer vocês assistirem o filme.
Imaginem que vocês conheçam alguém pela internet e marquem de se encontrar - assim de cara. Ele mostrou o quarto dele, disse que não era um psicopata e é até bonitinho. A vida tá meio complicada. Você vai conhecer o cara por uma noite. (Gente, não façam isso em lugar nenhum do mundo.É tudo ficção!)

Eu acho que as mulheres são mais honestas, na verdade, quando
elas estão tentando ferir os sentimentos de alguém.

É mais ou menos assim que os dois se conhecem, e depois de uma noite, Megan vai dar o fora da casa do cara. O problema? Uma nevasca prende os dois em casa por nada menos que dois dias. Não esquecendo de dizer, é claro, que o início da manhã dos dois não tinha sido o dos melhores.
Em dois dias os dois vão estabelecer uma relação que eu poderia simplificar nessa foto da capa aí em cima. Vocês nem imaginam como eu adorei os dois, seja quando estivesse brigando, se drogando, sem se falar ou até nas cenas mais sensuais. Eu realmente gostei muito de Alec e Megan.
Quer dizer, então que você começou assistindo o filme por Miles Teller... e terminei por Alec e Megan. Até porque quando eu não gosto de um filme, na maioria das vezes, tiro ele antes de terminar. Ou termino reclamando do filme o tempo inteiro. O filme não é daqueles mais conhecidos. Não está, sequer, atualizado no Adorocinema. Entretanto, o cinema não vive só de campeões de bilheteria.
Pra quem gosta de comédia romântica esse é o filme ideal. Fazendo um parâmetro, é um filme para quem gostou de "Amizade colorida" e "Namoro ou Liberdade?". Confiram agora o trailer (não encontrei legendado):


Até a próxima.

Mariana D




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com sabedoria. Sem xingamentos, respeitando a opinião do outro, caso ache no texto um erro de gramática é só avisar.
"A bondade é o princípio do tato, e o respeito pelos outros é a primeira condição para saber viver."- Henri Frédéric Amiel
Beijos

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo